VÁRIOS MÉTODOS DE ALFABETIZAÇÃO

‹ voltar

17.01.2020

 

VÁRIOS MÉTODOS DE ALFABETIZAÇÃO

 

A aprendizagem do começo da língua escrita é um processo complexo para a cabeça de nossas crianças e cada vez mais, já que se trata da compreensão e apropriação de um sistema de representação dos signos, isso é, sons da língua por letras. Isso exige da criança várias e diferentes operações cognitivas, isso já não seria o suficiente para justificar a importância de métodos variados de alfabetização?

Os métodos, em geral, privilegiam um ou alguns dos componentes cognitivos e linguísticos desse processo de aprendizagem, muitas vezes ignorando os outros. Assim, a busca é para que todos os componentes do aprendizado sejam considerados simultaneamente se possível!

Como aponta a professora Magda Soares em entrevista, professora pesquisadora da área pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), em primeiro lugar, a criança precisa compreender que a escrita representa os sons da fala, e não aquilo de que se fala, o que exige dela uma abstração. Para escrever, por exemplo, ‘boneca’, ela tem de focalizar os sons dessa palavra e abstrair o objeto que ela designa. Este é o primeiro e indispensável passo para a alfabetização. 

Sobre as formas clássicas de escrita, temos os métodos sintéticos de soletração ou também chamado de método alfabético (aprender os nomes das letras, reconhece-las fora da ordem alfabética e, por fim, tente redescobri-las em palavras ou textos), o método fônico ou fonético (começa sempre dos sons mais simples e vai evoluindo, das vogais para as consoantes. Em seguida formam-se as sílabas e as palavras), o métodos de sentenciação, onde há o uso direto de textos.

A questão central mais do que a diversidade de métodos, é o quanto eles podem ser incisivos para a realidade intrínseca da sala e dos alunos nos quais são trabalhados estes métodos, alfabetização não é apenas um problema do pedagogo, por exemplo, é também uma questão de Psicologia e Linguística e de Gestão Escolar, da família.
Hoje falamos mais em ideias como Alfabetização e Letramento, algo que já há alguns anos caminha para uma visão mais ampla, focada nos processos de construção do conhecimento. Essa discussão no Brasil vem amadurecendo muito, e o que se percebe cada vez mais, é a importância e o cuidado com a criança para pensar conceitos como “método de alfabetização”.

E você, já parou para pensar nisso?

Ótima semana a todos.